Voltar ao site

Um mês sem solução: Renata Souza (PSOL) recebe mãe de Alice da Silva –

morta no réveillon – na Comissão de Direitos Humanos da Alerj

· Releases

Um mês sem solução: Renata Souza (PSOL) recebe mãe de Alice da Silva –

morta no réveillon – na Comissão de Direitos Humanos da Alerj

 

Hoje, quando fez um mês da morte de sua filha, Franciely Pamplona procurou o apoio da Comissão de Direitos Humanos da Alerj e foi recebida pela deputada Renata Souza (PSOL). Alice da Silva, de cinco anos de idade, acompanhava a queima de fogos em comemoração à virada do ano, no Morro do Turano, na Zona Norte do Rio, quando foi atingida por um tiro no pescoço.

 

 

Renata Souza colocou à disposição da família o serviço de atendimento psicológico da CDH, além do apoio no acesso à Defensoria Pública. “Hoje faz um mês da morte da Alice e, como tantas outras, não temos indicação de que o caso venha a ser solucionado. Infelizmente é uma realidade que nos atinge. Aprovamos no mês passado a Lei Ágatha, que exige prioridade na apuração dessas mortes de crianças e adolescentes. Espero que o Executivo a respeite e os esforços na apuração ocorram.”

 

A deputada afirmou que é preciso desarmar a população, pois quanto maior o número de armas maior é o risco. “A bala nunca é perdida. Sempre encontra um corpo negro e pobre. É absurda a falta de políticas públicas para o enfrentamento ao tráfico de armas e munições. Além disso, a população não pode ser incentivada a se armar. Só no ano passado, houve um aumento de 90% no pedido de registro de posse de armas de fogo. O que começa supostamente legal, pode terminar nas mãos de pessoas para práticas ilegais”.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK