Voltar ao site

Direitos humanos pelo WhatsApp na quarentena

· Matérias

A Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro – Alerj lançou nesta semana ao o ‘Zap da Cidadania’, que, a partir de agora, vai receber denúncias também via mensagem de aplicativo. Através do número (21) 99670-1400 o público poderá denunciar e tirar dúvidas relacionadas a violações dos Direitos Humanos em todo o estado. Neste período de quarentena, o Zap também receberá as denúncias relacionadas ao Coronavírus.

“Neste período de isolamento social, devido a pandemia do COVID-19, sabemos que este serviço será fundamental para receber pedidos de orientações e denúncias. Desde os temas relacionados diretamente ao coronavirus, até, por exemplo, os casos de violência doméstica, que tiveram aumento significativo neste período. Além disso, há casos relacionados ao acesso à saúde, e violações aos direitos humanos que estejam invisibilizadas, como casos violência de Estado em favelas e periferias”, explica a presidenta da Comissão de Direitos Humanos da Alerj, a deputada estadual Renata Souza.

O sigilo de todas as denúncias feitas através do aplicativo é garantido e a equipe de atendimento segue rígidos protocolos de segurança da informação e segurança digital. Serão respondidas somente mensagens de áudio e texto, e podem ser enviadas todos os dias da semana, em qualquer horário. As respostas irão em horário comercial dos dias úteis.

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK