Return to site

Deputada Renata Souza encaminha família de Margareth para assistência jurídica e psicológica

· Materias

Procurados pela deputada Renata Souza (PSOL), Maicon Teixeira (27) e Merielle Teixera (24), dois dos oito irmãos da estudante Margareth, morta há treze dias, durante uma operação policial na comunidade do Quarenta e oito, em Bangu, foram recebidos pela parlamentar e sua equipe nesta segunda-feira (26). Na ocasião, foram encaminhadas a prestação de assistência psicológica e jurídica para toda a família. "Esse é o primeiro atendimento que estamos tendo, até agora o governo do Rio não entrou em contato com a gente", contaram os jovens.

Ao falar sobre o encontro, Renata classificou como fundamental o papel dos defensores de direitos humanos para a sociedade. "Nós seguimos trabalhando duro pela garantia da dignidade humana. Moradia, saúde, segurança, tudo isso é direito humano e tem que ser defendido por todas e todos. Receber e acolher essa família destroçada pela violência é uma questão de humanidade, é um dever do Estado. Não abriremos mão de defender as vítimas dessa política de ‘insegurança’ pública", destacou.

Margareth foi morta quando caminhava para a igreja com seu filho de um ano e dez meses no colo. O corpo da jovem teve dez perfurações. Devastados por essa tragédia, seus familiares cobram celeridade e seriedade nas investigações. "Nada trará nossa irmã de volta, mas para nós é importante ter uma resposta sobre o que aconteceu com Margareth. Ela era muito calma, muito doce, tinha sonhos. Queremos justiça", frisou Merielle.

O filho de Margareth, de acordo com a família, já está fora de risco, mas segue internado. O bebê foi atingido de raspão no pé esquerdo.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OK