Voltar ao site

PSOL define Renata Souza como pré-candidata à Prefeitura do Rio

· Matérias

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) definiu oficialmente, na noite desta segunda-feira (13), o nome que representará a sigla no pleito eleitoral de 2020 pela Prefeitura do Rio de Janeiro.

Ao escolher a pré-candidatura de Renata Souza, atualmente deputada estadual e conhecida por sua postura combativa e vigorosa dentro da Alerj, principalmente no enfrentamento ao governador Wilson Witzel, o partido sinaliza que entrará com tudo na disputa.

Mulher preta, feminista, favelada e doutora, Renata, a mais jovem pré-candidata até o momento, representa, segundo ela, “um Rio de Janeiro de gente real, uma cidade que precisa ser para maioria”.

O levante do povo preto na luta antirracista, a ocupação feminista dos espaços de decisão e de poder, fazem parte do mosaico prioritário da luta contra as desigualdades. Vamos recriar um Rio de gente, de dignidade na saúde, emprego e educação, cultura e segurança p/ os cariocas.

— Renata Souza (@renatasouzario) July 14, 2020

Após desistência ao pleito por parte do deputado federal Marcelo Freixo, com quem Renata tem estreita relação política, ganhou força dentro do partido o coro, engrossado pelo próprio parlamentar, para que a deputada fosse escolhida para defender o programa do PSOL para o Rio.

“Renata Souza chegou junto comigo à Alerj, quando me elegi pela primeira vez em 2006. Depois foi chefe de gabinete de Marielle, se tornou a deputada estadual mais votada da esquerda em 2018 e hoje preside a Comissão de Direitos Humanos. Ela junta a essa experiência política a sua vivência de mulher nascida e criada na Maré, que conhece na pele os problemas que a maioria dos cariocas enfrentam todos os dias para sobreviver. Isso faz com que ela esteja preparada para disputar a prefeitura do Rio”, defende Freixo.

Após a confirmação do nome de Renata, a deputada federal Talíria Petrone fez questão de saudar a colega de partido e manifestar seu apoio na construção da luta por um Rio mais igualitário.

“A confirmação do nome de Renata Souza como pré-candidata à Prefeitura do Rio é uma resposta importante às necessidades urgentes de uma cidade que precisa estar conectada com as demandas da classe trabalhadora, das mulheres negras, da juventude e das periferias e favelas. O nome de Renatinha responde a tudo isso, pela sua trajetória forjada na luta por uma comunicação popular, democrática e inclusiva, e na defesa dos direitos humanos. A candidatura da nossa companheira querida renova nossas esperanças por um Rio de Janeiro para todas e todos”, frisa.

Jornalista e doutora em Comunicação e Cultura, Renata Souza é nascida e criada na Favela da Maré, Zona Norte do Rio. Atua na defesa dos Direitos Humanos há mais de 12 anos, participando de movimentos sociais, integrando a Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Estado do Rio de Janeiro e atuando como chefe de gabinete da vereadora Marielle Franco.

Em 2018, Renata Souza foi eleita deputada estadual sendo a mais votada da esquerda em todo o estado. Em seu mandato, a deputada aposta na transformação real da sociedade através da luta coletiva das mulheres, negras, faveladas e feministas para vencer o ódio e o genocídio dos grupos vulneráveis. Hoje, a parlamentar preside na Alerj a comissão da qual foi integrante durante quase uma década, sendo a primeira mulher negra a ocupar tal posto.

Plantão em Foco

Link da matéria

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK