Return to site

Deputados do PSL distribuem pizzas na Alerj após presidente da Casa decidir não afastar Renata Souza

Parlamentar do PSOL denunciou governador Wilson Witzel à ONU e a OEA

· Materias

Rio - Os deputados Rodrigo Amorim e Alexandre Knoploch (PSL) fizeram, na tarde desta quarta-feira, um protesto no plenário da Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) contra o não-afastamento da deputada Renata Souza (PSOL) da Comissão de Direitos Humanos. A deputada é acusada de ter usado o nome da comissão de forma irregular (sem votação interna) para fazer uma representação junto à Organização das Nações Unidas (ONU) contra o governador Wilson Witzel.

Depois de uma reunião a portas fechadas, realizada entre o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT) e todos os integrantes da Comissão de Direitos Humanos da Casa, Ceciliano defendeu, em plenário, que a deputada não cometeu irregularidade ao denunciar à ONU e à Organização dos Estados Americanos por ter comandado operação que usou helicóptero como plataforma de disparos sobre comunidade de Angra dos Reis.

"A deputada agiu como parlamentar do seu mandato, tem autonomia. Não vamos cercear o direito de nenhum parlamentar, quer seja de oposição, quer seja de situação. O ofício encaminhado foi do gabinete da parlamentar, não foi da Comissão de Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, ficou claro", disse Ceciliano, em plenário.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly