Voltar ao site

Deputada estadual Renata Souza, do PSOL, registra ameaças em delegacia no RJ

· Matérias

A deputada estadual do Rio de Janeiro Renata Souza (PSOL) registrou boletim de ocorrência nesta segunda-feira (21) em que relata ameaças recebidas em uma rede social. A denúncia foi feita contra uma pessoa que ameaçou a vida da parlamentar e mencionou o nome da vereadora Marielle Franco, assassinada em março de 2018. Renata foi chefe de gabinete da política. “Você fala de mais (sic)... Vai perder a linguinha… Por isso que Marieli (sic) morreu”, diz trecho de uma das mensagens recebidas pela política na semana passada.

À CNN, a deputada afirmou que as ameaças mencionaram sua ação à frente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa do Rio. “Não podemos subestimar a força dessas ameaças num país como o nosso, que mata muitos militantes que atuam na defesa de Direitos Humanos, ainda mais aqui no Rio de Janeiro”, afirmou Renata. “As mensagens questionam as nossas ações na Comissão. Lá, ouvimos todas as vítimas de violência”.

Segundo ela, não é a primeira vez que ela registra boletim com ameaças. Em abril, ela procurou a Polícia após receber imagens com seu rosto e seu endereço em redes sociais. “Fiz o registro online, porque as delegacias estavam fechadas. Colocaram meu endereço de pessoa física, e não o do gabinete”, explicou a deputada.

Renata Souza está em seu primeiro mandato e foi derrotada na disputa pela prefeitura do Rio, em 2020. Ela afirmou ter entrado em contato e recebido apoio do governador em exercício do Rio, Cláudio Castro, do secretário de Polícia Civil, Allan Turnowski e do presidente da Alerj, deputado André Ceciliano (PT).

Todos os Posts
×

Quase pronto…

Acabámos de lhe enviar um email. Por favor, clique no link no email para confirmar sua subscrição!

OK